Comportamento do consumidor do futuro em debate

Autora de Shoppercracia, livro que ficou entre os cinco mais vendidos na categoria teoria e análise do ranking da Folha de São Paulo, a consultora da empresa Connect Shopper, Fátima Merlin, também parceira da Associação Catarinense de Supermercados (Acats), combinou as informações de sua obra com um recente estudo da Youpper sobre "Shopper do Futuro", o qual mostra que atributos como liberdade de escolha, customização, acolhimento, feito pra mim, propósito, experiência, relevância, segurança, são segundo os consumidores entrevistados, os atributos mais relevantes das marcas do futuro - produtos e varejos.

Shoppercracia (Poligrafia Editora) mostra como de fato o poder está nas mãos dos clientes e como o gerenciamento por categorias pode ser bem-sucedido, se as empresas os colocarem no centro de suas decisões, resume a autora.

- O mercado está mais competitivo, as margens estão mais apertadas e nunca os estoques e os níveis de ruptura foram tão elevados. É crucial ao varejo rever / aprimorar / implantar processos e políticas de sortimento, marcas, ter um foco verdadeiramente centrado no shopper, para ser capaz de absorver e maximizar os resultados das propostas desenvolvidas pelos seus parceiros comerciais com planos de ação que se sustentem diz Fátima.

- Sem processos, métricas, políticas, engajamento da equipe, não há resultado sustentável e perene. Apenas projetos pontuais que não se sustentam. Conhecer o cliente - quem são, como se comportam - seus hábitos, necessidades e atitudes -, é o primeiro passo para direcionar, personalizar ações e obter resultados mais efetivos na atração, conversão e retenção dos mesmos - acentua a especialista.

Share

Calendário

sitemap